sábado, 24 de janeiro de 2015

747


quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

746

Uma semana de saudade. 

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

745

Hoje morreu Mr Binx. Para quem não sabe, Mr Binx era o gato do meu irmão. Nada europeu, era pacato, enorme e gordo como costumam ser os bichanos do outro lado do Atlântico. Fora buscá-lo numa manhã a um abrigo em Toronto há 10 anos atrás , depois de preencher uma data de papelada (escusada, segundo o Nuno, na altura; se se vai buscar um gato é para a criatura ser feliz lá em casa). 

Foi um grande companheiro e sei que lhe vai sentir imenso a falta. Fez com ele inúmeras mudanças de casa, inúmeras viagens, quilómetros a fio aos sábados e domingos com o dono (e a mania de ir pescar em lugares estranhos com ursos e salmões no Lago Ontário), sem nunca reclamar. Nos verões quentes vinha ate à rua, ao fim da tarde, para perseguir esquilos e chipmunks incautos e regressava a casa ao ouvir o assobio do dono.

A doença matou-o em menos de 2 dias, e na última noite em casa dormiu no meio dos donos, bem lá em cima, juntinho às almofadas e não aos pés como sempre fora.

Imagino como se está a sentir o Nuno neste momento; saiu agora do hospital, vinha a conduzir, que mal chegue a casa fala no Skype. 

E eu, bem, eu ainda penso no Cid - que morreu nem há um mês - e em como os nossos pobres corações se terão de aguentar de tão apertadinhos. 



quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

744


quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

743


742




quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Feliz 2015


sábado, 27 de dezembro de 2014

740


Dias de preguiça!

Festas Felizes!




sábado, 20 de dezembro de 2014

738

Muitas saudades do Cid! Faz hoje 10 dias...

737

Inverno, lãs e colo. Não há melhor. 

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

736


Que difícil passou a ser viver sem o Cid.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

735 publicações

...depois, e este é o post mais doloroso de todos. O nosso querido Cid morreu hoje, nos nossos braços, a ouvir a voz da sua dona. Vamos sentir tanto a sua falta, que difícil é ver partir os nossos bichos! Depois do Matisse, o Chat Gris perde o seu AMIGO, o mais amigo de todos. Que dia triste o de hoje.